TIPOLOGIA DE VISTOS DA REPÚBLICA DE ANGOLA, INFORMAÇÃO GERAL, REQUERIMENTOS E FORMULÁRIOS

PARA PORTADORES DE PASSAPORTES ORDINÁRIOS

Para abrir o formulário de visto é necessário instalar o programa Acrobat Reader no seu computador. O programa é grátis. Para instalá-lo clique aqui

_______________________________________________________________________________________

 

AVISO IMPORTANTE:

PEDIDOS DE VISTO INCOMPLETOS NÃO PODERÃO SER PROCESSADOS!

A SECÇÃO CONSULAR RESERVA-SE O DIREITO DE SOLICITAR INFORMAÇÃO E/OU /DOCUMENTAÇÃO ADICIONAL.

 

 

VISTO DE TURISMO - para turismo, visita de carácter recreativo, desportivo ou cultural.

VISTO DE TRÂNSITO - para escala em território nacional.

VISTO DE CURTA DURAÇÃO - viagem por razões de urgência, assim como urgências médicas ou óbito, para marinheiros/técnicos do sector petrolífero.

VISTO ORDINÁRIO - para viagem por razões familiares ou prospecção de negócios

VISTO DE TRABALHO - exercício temporário de actividade profissional remunerada

VISTO PARA FIXAÇÃO DE RESIDÊNCIA - para fixar residência em território nacional

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA - razões humanitárias, missão a favor de instituição religiosa, trabalhos de investigação científica, para acompanhante do titular de Vistos de Estudo, Tratamento Médico, Visto Privilegiado, de Trabalho, para familiar de titular de autorização de residência válida, para cônjuge de cidadão nacional.

VISTO PRIVILEGIADO - Implementação e execução da proposta de investimento aprovado, nos termos da Lei de Investimento Privado.

VISTO DE ESTUDO - para freqüentar programas de estudo em escolas públicas/privadas ou em centro de formação profissional, obter grau acadêmico ou profissional, fazer estágios em empresas públicas ou privadas

VISTO PARA TRATAMENTO MÉDICO - Tratamento médico em unidade hospitalar pública ou privada

 

TIPO DE VISTO
OBJECTIVO DA VIAGEM/ESTADIA
INFORMAÇÃO GERAL E FORMULÁRIOS
REQUERIMENTOS
VISTO DE TURISMO

Turismo

Visita de carácter recreativo, desportivo ou cultural

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: 1 ou múltiplas.

Tempo de permanência: 30 dias.

Prorrogação: 1 vez por igual período de tempo.

Taxa administrativa: EUR 90,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: 7 dias úteis

O Visto de Turismo não permite fixação de residência, nem actividade profissional remunerada.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas!

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

 

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática, a solicitar o visto e informando o roteiro de viagem.

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa. Se o Certificado de Residência já foi apresentado anteriormente, um novo documento é apenas necessário caso o requerente tenha mudado de endereço.

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) OU declaração pessoa/organismo responsável que inclua termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- Comprovativo de condições de alojamento

- Fotocópia da reserva de passagem para a República de Angola com saída entrada ou do bilhete de passagem e visto de entrada para o país de destino

 

VISTO DE TRÂNSITO Escala em território nacional

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: 1 ou 2.

Tempo de permanência: 5 dias.

Não é prorrogável.

Taxa administrativa: EUR 25,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: 7 dias úteis

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas!

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática, a solicitar o visto e informando o roteiro de viagem.

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa. Se o Certificado de Residência já foi apresentado anteriormente, um novo documento é apenas necessário caso o requerente tenha mudado de endereço.

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) OU declaração pessoa/organismo responsável que inclua termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- Comprovativo de condições de alojamento

- Fotocópia da reserva de passagem para a República de Angola com saída entrada ou do bilhete de passagem e visto de entrada para o país de destino

 

VISTO DE CURTA DURAÇÃO

Viagem por razões de urgência, assim como urgências médicas ou óbito.

Validade: 7 dias após a emissão.

Número de entradas: 1

Tempo de permanência: 7 dias

Prorrogação: por igual período de tempo

Taxa administrativa: EUR 90,00 (pagamento com antecedência - marinheiros/técnicos do sector petrolífero: pagamento em efetivo após a emissão do visto).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O Visto de Curta Duração não permite fixação de residência, nem actividade profissional remunerada.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas!

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

MARINHEIROS/TÉCNICOS DO SECTOR PETROLÍFERO: clique aqui para informaçoes.

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática, do requerente ou do seu empregador, a solicitar o visto e informando o roteiro de viagem. Carta do empregador deve incluir termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa. Se o Certificado de Residência já foi apresentado anteriormente, um novo documento é apenas necessário caso o requerente tenha mudado de endereço.

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Apresentação obrigatória de comprovativo dos objectivos da entrada (carta de chamada ou carta do requerente/firma a solicitar o visto)

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) OU declaração pessoa/organismo responsável que inclua termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- Comprovativo de condições de alojamento

- Fotocópia da reserva de passagem para a República de Angola com saída entrada ou do bilhete de passagem e visto de entrada para o país de destino

- Carta de chamada de entidade pública ou privada angolana ou firma estrangeira com representação em Angola. No caso de a firma actuar no sector petrolífero, a carta deve estar certificada pelo Gabinete dos Recursos Humanos do Ministério dos Petróleos.

 

VISTO ORDINÁRIO

Razões familiares

Prospecção de negócios

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: 1

Tempo de permanência: 30 dias.

Prorrogação: 2 vezes por igual período de tempo.

Taxa administrativa: EUR 90,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: 7 dias úteis

O Visto Ordinário não permite fixação de residência, nem actividade profissional remunerada.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas!

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática, do requerente ou do seu empregador, a solicitar o visto e fundamentando os motivos da viagem e especificando o prazo de permanência em território nacional. Carta do empregador deve incluir termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa. Se o Certificado de Residência já foi apresentado anteriormente, um novo documento é apenas necessário caso o requerente tenha mudado de endereço.

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) OU declaração pessoa/organismo responsável que inclua termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- Carta de chamada de entidade pública ou privada angolana ou firma estrangeira com representação em Angola. No caso de a firma actuar no sector petrolífero, a carta deve estar certificada pelo Gabinete dos Recursos Humanos do Ministério dos Petróleos.

- Outras cartas de chamada devem ser autenticadas por notário público e pelo Ministério das Relações Exteriores em Angola e incluir cópia do bilhete de identidade ou passaporte do emissor.

- A carta de chamada deverá ser enviada directamente de Angola para a Embaixada por fax (+43 1 7187486).

- Alvará comercial da entidade privada residente em Angola que convida

- Comprovação das relações familiares com cidadãos nacionais ou estrangeiros residentes legalmente em Angola (certidões de nascimento, casamento ou outras emitidas por conservatória). Documentos emitidos em Angola devem ser autenticados por notário e pelo Ministério das Relações Exteriores em Luanda). Documentos em idioma croata e esloveno devem estar acompanhados da sua tradução para a língua portuguesa.

- Comprovativo de condições de alojamento.

- Fotocópia da reserva de passagem para a República de Angola com saída entrada ou do bilhete de passagem e visto de entrada para o país de destino

 

VISTO DE TRABALHO Exercício temporário de actividade profissional remunerada no interesse do Estado ou por conta de outrem

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: múltiplas.

Tempo de permanência: até ao termo do contrato de trabalho.

Taxa administrativa: EUR 200,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O Visto de Trabalho permite apenas exercer a actividade que justifica a concessão do visto e na empresa que o requereu.

O Visto de Trabalho não permite fixação de residência.

O(s) acompanhante(s) devem solicitar um Visto de Permanência Temporária.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas.

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

 

Requerimentos para obter o Visto de Trabalho para exercício da actividade profissional a nível do sector petrolífero e mineiro: clique aqui.

Requerimentos para obter o Visto de Trabalho para exercício da actividade profissional em qualquer outro sector: clique aqui.

 

Por favor, leia com atenção o aviso sobre os requerimentos para a apresentação de documentos em idiomas estrangeiros que se encontra no topo desta página!

 

VISTO PARA FIXAÇÃO DE RESIDÊNCIA Fixar residência em território nacional.

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: múltiplas.

Tempo de permanência: 120 dias.

Prorrogável por iguais períodos até à decisão final do pedido de autorização de residência.

Taxa administrativa: EUR 200,00 (pagamento com antecedência)

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O Visto para Fixação de Residência habilita ao exercício de actividade profissional remunerada.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas.

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

AVISO IMPORTANTE: Todos os documentos em língua estrangeira (com excepção do passaporte, certificado internacional de vacinas e comprovativos de reserva de voo e hotel) deverão ser previamente traduzidos para o português por tradutor oficial e autenticados pelas autoridades locais. Na Áustria: Landesgericht e Ministério das Relações Exteriores, “Legalisierungsbüro”; na Croácia e Eslovénia, pelo Ministério das Relações Exteriores. Solicite uma autenticação comum, não a Apostille. Os documentos devem posteriormente ser autenticados pelo Sector Consular (informações: clique aqui).

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

- Carta do requerente ou beneficiário em português ou inglês, dirigida à Missão Diplomática, a solicitar o visto para fixação de residência.

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa

- Comprovativo de residência na Áustria, Croácia ou Eslovénia (Meldezettel ou similar)

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Registo criminal do país de residência habitual, autenticado pelo Ministério das Relaçoes Exteriores e acompanhado de tradução oficial para a língua portuguesa

- Atestado médico do país de origem (incluir parecer de exame de sangue que inclua todas as doenças contagiosas).

- Declaração do interessado de que se compromete a respeitar e a cumprir as leis angolanas. MODELO: clique aqui

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) ou declaração pessoa/organismo responsável

 

VISTO DE PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA

Razões humanitárias

Missão a favor de instituição religiosa

Trabalhos de investigação científica

Acompanhante do titular de Vistos de Estudo, Tratamento Médico, Visto Privilegiado, de Trabalho

Familiar de titular de autorização de residência válida

Cônjuge de cidadão nacional

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: múltiplas.

Tempo de permanência: 365 dias.

Prorrogável sucessivamente e até ao termo da razão que originou a sua concessão.

Taxa administrativa: EUR 200,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O Visto para Permanência Temporária não habilita o seu titular à fixação de residência em território nacional.

No caso de ser acompanhante: a validade do Visto de Permanência Temporária não deve ultrapassar o tempo de permanência concedido ao titular do visto de entrada que deu origem à concessão do visto do acompanhante.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas.

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

AVISO IMPORTANTE: Todos os documentos em língua estrangeira (com excepção do passaporte, certificado internacional de vacinas e comprovativos de reserva de voo e hotel) deverão ser previamente traduzidos para o português por tradutor oficial e autenticados pelas autoridades locais. Na Áustria: Landesgericht e Ministério das Relações Exteriores, “Legalisierungsbüro”; na Croácia e Eslovénia, pelo Ministério das Relações Exteriores. Solicite uma autenticação comum, não a Apostille. Os documentos devem posteriormente ser autenticados pelo Sector Consular (informações: clique aqui).

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática, do requerente ou do seu empregador, a solicitar o visto e fundamentando os motivos da viagem e especificando o prazo de permanência em território nacional. Carta do empregador deve incluir termo de responsabilidade por despesas durante a estadia e eventual necessidade de repatriamento

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- - Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa

- Comprovativo de residência na Áustria, Croácia ou Eslovénia (Meldezettel ou similar)

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Registo criminal do país de residência habitual, autenticado pelo Ministério das Relaçoes Exteriores e acompanhado de tradução oficial para a língua portuguesa

- Atestado médico do país de origem (incluir parecer de exame de sangue que inclua todas as doenças contagiosas).

- Declaração do interessado de que se compromete a respeitar e a cumprir as leis angolanas. MODELO: clique aqui

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) ou declaração pessoa/organismo responsável

- Em caso de acompanhante do titular de Vistos de Estudo, Tratamento Médico, Visto Privilegiado, de Trabalho: comprovação das relações familiares com cidadãos nacionais ou estrangeiros residentes legalmente em Angola (original, acompanhado da sua tradução na língua portuguesa e autenticado pelo Ministério das Relações Exteriores do país emissor).

 

VISTO PRIVILEGIADO Implementação e execução da proposta de investimento aprovado, nos termos da Lei de Investimento Privado

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: múltiplas.

Tempo de permanência: 2 anos.

Prorrogável por igual período de tempo.

Taxa administrativa: EUR 200,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O portador do Visto Privilegiado pode solicitar autorização de residência.

O Visto Privilegiado pode ser emitido em Angola.

O acompanhante deve solicitar o Visto de Permanência Temporária.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas.

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

AVISO IMPORTANTE: Todos os documentos em língua estrangeira (com excepção do passaporte, certificado internacional de vacinas e comprovativos de reserva de voo e hotel) deverão ser previamente traduzidos para o português por tradutor oficial e autenticados pelas autoridades locais. Na Áustria: Landesgericht e Ministério das Relações Exteriores, “Legalisierungsbüro”; na Croácia e Eslovénia, pelo Ministério das Relações Exteriores. Solicite uma autenticação comum, não a Apostille. Os documentos devem posteriormente ser autenticados pelo Sector Consular (informações: clique aqui).

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

 

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática a solicitar o visto

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa

- Comprovativo de residência na Áustria, Croácia ou Eslovénia (Meldezettel ou similar)

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Registo criminal do país de residência habitual, autenticado pelo Ministério das Relaçoes Exteriores e acompanhado de tradução oficial para a língua portuguesa

- Atestado médico do país de origem (incluir parecer de exame de sangue que inclua todas as doenças contagiosas).

- Declaração do interessado de que se compromete a respeitar e a cumprir as leis angolanas. MODELO: clique aqui

- Comprovativo da instituição angolana responsável pela aprovação do projecto (original autenticado pelo Ministério das Relações Exteriores de Angola).

 

VISTO DE ESTUDO

Frequentar programas de estudo em escolas públicas/privadas ou em centro de formação profissional

Obter grau académico ou profissional

Fazer estágios em empresas públicas ou privadas.

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: múltiplas.

Tempo de permanência: 1 ano.

Prorrogável por igual período de tempo, até ao termo dos estudos ou estágio.

Taxa administrativa: EUR 200,00 (pagamento com antecedência).

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O Visto de Estudo habilita o titular à actividade profissional remunerada apenas para a realização do estágio relacionado com a formação.

O Visto de Estudo não permite a fixação de residência.

O acompanhante deve solicitar o Visto de Permanência Temporária.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas.

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

AVISO IMPORTANTE: Todos os documentos em língua estrangeira (com excepção do passaporte, certificado internacional de vacinas e comprovativos de reserva de voo e hotel) deverão ser previamente traduzidos para o português por tradutor oficial e autenticados pelas autoridades locais. Na Áustria: Landesgericht e Ministério das Relações Exteriores, “Legalisierungsbüro”; na Croácia e Eslovénia, pelo Ministério das Relações Exteriores. Solicite uma autenticação comum, não a Apostille. Os documentos devem posteriormente ser autenticados pelo Sector Consular (informações: clique aqui).

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática a solicitar o visto

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa

- Comprovativo de residência na Áustria, Croácia ou Eslovénia (Meldezettel ou similar)

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Registo criminal do país de residência habitual, autenticado pelo Ministério das Relaçoes Exteriores e acompanhado de tradução oficial para a língua portuguesa

- Atestado médico do país de origem (incluir parecer de exame de sangue que inclua todas as doenças contagiosas).

- Comprovativo da matrícula em estabelecimento de ensino oficialmente reconhecido ou garantia da frequência no referido estabelecimento, se for o caso (original autenticado pelos Ministérios de Educação e Relações Exteriores de Angola) OU

- Comprovativo emitido pela instituição competente para a atribuição do grau académico ou para o reconhecimento do interesse científico do trabalho de investigação, se for o caso (original autenticado pelos Ministérios de Educação e Relações Exteriores de Angola) OU

- Programa de estágio ou contrato de formação, se for o caso (original autenticado pelos Ministérios de Educação e Relações Exteriores de Angola).

- Declaração do interessado de que se compromete a respeitar e a cumprir as leis angolanas. MODELO: clique aqui

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses), declaração pessoa/organismo responsável ou confirmação da bolsa de estudo

 

VISTO PARA TRATAMENTO MÉDICO Tratamento médico em unidade hospitalar pública ou privada

Validade: 60 dias após a emissão.

Número de entradas: múltiplas.

Tempo de permanência: 180 dias.

Prorrogação: em casos fundamentados, prorrogável até à conclusão do tratamento.

Taxa administrativa: EUR 200,00 (pagamento com antecedência)

Em caso de recusa do visto ou desistência da viagem a taxa administrativa NÃO será devolvida.

Duração do processamento: a ser informada.

O Visto para Tratamento Médico não permite exercer actividade profissional remunerada, nem a fixação de residência.

O acompanhante deve solicitar o Visto de Permanência Temporária.

FORMULÁRIO: clique aqui. Imprima cada página em folhas separadas.

INFORMAÇÃO SOBRE O PAGAMENTO DA TAXA ADMINISTRATIVA: clique aqui.

AVISO IMPORTANTE: Todos os documentos em língua estrangeira (com excepção do passaporte, certificado internacional de vacinas e comprovativos de reserva de voo e hotel) deverão ser previamente traduzidos para o português por tradutor oficial e autenticados pelas autoridades locais. Na Áustria: Landesgericht e Ministério das Relações Exteriores, “Legalisierungsbüro”; na Croácia e Eslovénia, pelo Ministério das Relações Exteriores. Solicite uma autenticação comum, não a Apostille. Os documentos devem posteriormente ser autenticados pelo Sector Consular (informações: clique aqui).

COMO FAZER O PEDIDO DE VISTO: clique aqui.

- Carta em português ou inglês dirigida à Missão Diplomática a solicitar o visto

- 1 formulário de Pedido de Visto

- 1 fotografia tipo passe coloridas e actuais

- Documento de viagem com validez superior a 6 meses

- Fotocópia do passaporte: páginas principais e das que contêm informações sobre movimento migratório, carimbos, notas

- Copia do Certificado internacional de vacinas: página principal com os dados do portador e página com a vacina contra a febre amarela

- Comprovativo de residência na Áustria (Meldezettel), Croácia (“Uvjerenje o prebivalištu )ou Eslovénia (“Potrdilo o stalnem prebivališču”) - não é necessária a autenticação! Documentos da Croácia e Eslovénia devem ser acompanhados de tradução oficial para a língua portuguesa

- Comprovativo de residência na Áustria, Croácia ou Eslovénia (Meldezettel ou similar)

- Menores desacompanhados ou em companhia de terceiros: termo de responsabilidade. MODELO: clique aqui

- Registo criminal do país de residência habitual, autenticado pelo Ministério das Relaçoes Exteriores e acompanhado de tradução oficial para a língua portuguesa

 

- No caso do cidadão estrangeiro não ser beneficiário de um acordo celebrado entre o respectivo país e a República de Angola, deve também apresentar comprovativo da consulta médica, através de documento devidamente reconhecido pelo estabelecimento hospitalar.

- Meios de subsistência (o equivalente a USD 200/dia; apresentar extracto bancário dos últimos seis meses) ou termo de responsabilidade da pessoa/organismo que convida.

- Comprovativo de condições de alojamento (reserva de hotel ou informação sobre alojamento na carta de chamada)

- Relatório médico do país de origem

- Declaração do interessado de que se compromete a respeitar e a cumprir as leis angolanas. MODELO: clique aqui

 

Voltar à página principal (ING-ALEM-PORT)

 

Home

 

 

Die angolanische Flagge
Das angolanische Wappen

 

 

 
 
     
   
 
 
 

POLITICAL SYSTEM

 
 
 
 
 
 
 
 

THE EMBASSY OF THE REPUBLIC OF ANGOLA

 
.
   
 
 
 

THE PERMANENT MISSION TO THE INTERNATIONAL ORGANIZATIONS IN VIENNA

 
   
 
 
 

THE ECONOMY OF ANGOLA

 
   
 
 
 

CONTACTS IN ANGOLA

 
 

CONTACTS IN AUSTRIA